Cultura

O ex-combatente serviu Portugal! Deve ser reconhecido.

AFIRMAMOS que o extinto HOSPITAL MILITAR DE BELÉM  deve ser confiado à LIGA DOS COMBATENTES.

O ex-combatente serviu Portugal!

AFIRMAMOS que o extinto HOSPITAL MILITAR DE BELÉM  deve ser confiado à LIGA DOS COMBATENTES.

Os ex- combatentes e nomeadamente os DFA, e lembro que no entendimento da ASMIR  combatentes são todos aqueles que um dia envergaram uniforme militar nacional, o extinto HOSPITAL MILITAR DE BELÉM já era hoje uma estrutura que acolhia aqueles   e sob a alçada da LIGA DOS COMBATENTES.  SENDO ASSIM UMA ESTRUTURA RESIDENCIAL PARA COMBATENTES IDOSOS E SEM LIMITAÇÃO DE IDADE PARA  OS DESIGNADOS DFA.

NÃO É! MAS DEVERÁ SER!

O edifício novo do Hospital Militar de Belém foi construído com verbas da ex Associação dos Tuberculosos das Forças Armadas (ATFA), tendo o edifício sido projectado com características muito avançadas para a época, no sentido da limitação máxima do perigo de contágio das doenças infecto-contagiosas.

De realçar que tem dois pisos com pressão negativa em caso de contágio tipo ébola.


O facto de ter sido pago com aquela verba da ex ATFA para onde até 1990 todos os militares descontavam 0,43% do vencimento ou pensão de reforma, tem que conferir um estatuto especial (no caso do QP nos 0,8% de descontos para os SSFA estava incluído aquele valor de 0,43%).

O ex-HMB é pertença dos soldados de Portugal!

Petição HMBPetição HMB [2.881 Kb]